O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 28.08.07 às 18:49link do post | adicionar aos favoritos

Ontem a noite estive em brasa a passar música. Sets impecáveis! Todo o pessoal a curtir. Até os parabens me deram. Diverti-me a farta! Agora a pergunta é:

- Terá sido por me ter vindo?...... nem vou tentar responder-me!

            No entanto hoje acordei cheio de dores nos ossos! Nem é grande novidade, dado a persistencia das dores nas últimas 2 semanas. Dormi mal, adormeci já passava das 5, acordei n vezes, ou por causa da trovoada que rebombava pelos ceus desta cidade, ou para ir mijar, (tanta cola tinha que dar nisto),  acordei perto da uma, e ainda por cima, nem os simpsons deram na tv. Começou mal o dia!

Lá me arrastei para fora da cama, e fui directo para tomar o meu café, na pastelaria do costume, e não é que o meu dia melhorou logo? Não pela fantastica e muito necessitada cafeína que entrou no meu sistema, mas sim por causa do N. Rapaz novo, nem sequer um exemplo de beleza, mas muito agradável á vista, e com ar de lavadinho. Pequenito e magrito....desconfio que peludo também! Um rabinho redondinho e apertadinho que só dá vontande de chorar pela perfeição que é. Ainda não consegui topar o volume da arca do tesouro, mas o que vier, será um extra.

 O melhor disto tudo é que no jogo de flirt que lhe faço, ele corresponde! O meu gaydar neste caso não me dá certezas, mas que há algo do sindicato ali, há! Não consigo por bem o dedo na ferida, é um algo intagível, subtil, mas que defenitivamente está lá!

Ainda hoje, por exemplo, fiz questão de o “ignorar”, e não é que o N. me veio cumprimentar, aperto de mão e um belo apertão no braço! Todo eu estremeci. Já não sei que pensar,  já me apanhei a fantasiar com ele.....

Este jogo de gato e rato, a caça, o jogo de olhares que se cruzam ás escondidas e apenas para nós fazem sentido, fazem-me vibrar! Curto! Nunca o possuirei, mas que me dá um gozo terrivel, dá! Um dia destes, ainda me faço mais ao nino! Que é que tenho a perder?

Porque é que os homens que não posso ter, mexem tanto comigo?

Aqueles dos quais não temos a certeza se são ou não do sindicato, mas as trocas de olhares intensos, e a maneira que de uma forma ou outra arranjam maneira de falar comigo, ou até de me tocar, e o gaydar que apita dentro da minha cabeça, tudo a indicar que querem a fruta, e nada...... a única coisa que posso fazer é manter o flirt! Deveria ter coragem para mais, não era? Mas não....ficamos naquele impasse...nem eu nem eles avançamos! O medo da exposição sobrepoem-se á dúvida, e impõe-se ao desejo!

             A velha história do fruto proibído, ser sempre o mais desejado!

Sempre achei que este ditado não esta completo. Em primeiro lugar: porque é que o fruto é proibido?  A única barreira que não se pode ultrupassar será a falta de interresse por parte do “fruto”.....  pronto já estou a divagar!

            Ando mesmo a precisar de companhia! Ou uma bela foda!

            Para já fico com a fantasia.....

R.


Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
29
30


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory