O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 29.06.08 às 21:45link do post | adicionar aos favoritos

29 de Junho de 2008

 

Já nem sinto os braços.

Mas já esta. Já levei os livros, cds e mais de um terço da roupa.

Diz-se que o conhecimento não ocupa lugar, mas posso garantir que pesa nos braços de quem tem que mudar de casa!

Durante a semana levarei o resto. Na quinta o meu H. virá ajudar-me a levar o que é mais pesado. Aliás só mesmo na quinta é que vou ver e estar com o meu menino.

Até lá, ficam as saudades, o desejo e a solidão.

Estou a precisar de despejar os tomates, o pior é que me doi mesmo os braços, hoje vai ser uma punheta tantrica, ou em camara lenta.... mas vai haver leite despejado neste quarto.

R.

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 29.06.08 às 15:49link do post | adicionar aos favoritos

29 de Junho de 2008

 

Bela tarde de calor.

Boa para estar numa esplanada ou a passear com quem mais amo.

Não dá.... pena.

Assim vou aproveitar para levar já algumas coisas para o novo apartamento, logo que a senhoria se lembre de me ligar para me dar a chave.

Detesto esperar. Espero conseguir levar bastantes coisas hoje.

R.


O que me dizes?
Por: Ray, em 28.06.08 às 23:38link do post | adicionar aos favoritos

28 de Junho de 2008

 

Sábado à noite.

 

 

 

Sozinho em casa!

 

 

 

Sozinho é como me sinto....

 

 

 

Sozinho fumo cigarros.....

 

 

 

Sozinho olho para a tv, sem nada ver....

 

 

 

As sms que nada podem transmitir....

 

 

 

Sozinho sinto saudades

 

 

 

Sozinho anseio por algo mais....

 

 

 

No calor sozinho....

 

 

Na noite sozinho....

 

 

 

 

 

Sozinho vai se tornar verbo!

R.

Palavras-chave:

O que me dizes?
Por: Ray, em 27.06.08 às 19:29link do post | adicionar aos favoritos

27 de Junho de 2008

 

Irra que está calor!

Hoje finalmente voltei a fazer o turno da manha lá no trabalho.

Estava já cansado de fazer o turno da tarde. Ficar sozinho responsavel por aquela gente toda e resolver tudo os problemas e situações que uma loja daquelas cria,esgota-me!

É que agora alem do telefone de permanencia da loja, ainda nos fazem andar com um walkie-talkie da segurança!

Confesso que me divirto imenso com o aparelhometro.... até já tenho nome de código. sou o esquilo nervoso! Depois temos o charlie alpha, pombo bravo depenado, o raposa velha, a chinchila atrevida, e a cinderela ( que para mim devia ser chamada era de avestruz,  da maneira que se esconde e pouco ajuda!)

Mas o que é facto é que mais um meio de comunicação por perto significa mais trabalho e preocupações. Já para não falar do peso no cinto. Um telefone portatil de um lado e do outro aquele tijolo do outro.

Por isso me soube bem fazer a manha. Embora tambem tivesse sozinho grande parte da manha, consegui fazer muito do trabalho que já andava pendente.

Apenas me continua a preocupar o facto de andar a dormir pouco. Até vou para a cama cedo, mas depois fico horas a rebolar esperando que chegue o sono. nunca percebi muito bem de onde vem estes episódios esporadicos de insónia.

Este domingo vou estar de folga. Pena não poder estar com o meu nino. Mas não dá! Ele tem que trabalhar. Tou cheio de saudades. Sinto mesmo a falta dele.

Como estou de folga, vou aproveitar para começar a mudança. Sou sincero....detesto fazer mudanças. E ainda me parece que foi ontem que para aqui vim.... mas  também sei que vou para muito melhor!

Quanto mais não seja porque vou ter muito mais condições para estar com o H.

Por ele faço tudo. É ele a minha vida. Ele mereçe o melhor!

R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 24.06.08 às 00:46link do post | adicionar aos favoritos

Talvez por não saber falar de cor, imaginei
Talvez por saber o que não será melhor, aproximei
Meu corpo é o teu corpo, o desejo entregue a nós...sei lá eu o que queres dizer.
Despedir-me de ti, "Adeus, um dia, voltarei a ser feliz."
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
Talvez por não saber falar de cor, imaginei.
Triste é o virar de costas, o último adeus sabe Deus o que quero dizer.
Obrigado por saberes cuidar de mim, tratar de mim, olhar para mim...
Escutar quem sou e se ao menos tudo fosse igual a ti...
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender. É o amor que chega ao fim. Um final assim, assim é mais fácil de entender... Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse é mais fácil de entender.
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.

"The Gift"

 

 

 

 

R.

Palavras-chave:

O que me dizes?
Por: Ray, em 18.06.08 às 23:50link do post | adicionar aos favoritos

18 de Junho de 2008

 

Dia de merda.

Aliás 24h de merda.

O H. ontem lembrou-se de fazer uma pergunta daquelas!

Sei que não teve intenção de me magoar.

Mas o que é certo é que o fez!

Sinto-me magoado, frustrado, triste, confuso e outros tantos sentimentos e adjectivos nada bons ou positivos.

Foda-se! A pergunta até é de sumenos importancia, agora tudo o que lhe é adjacente e os sentimentos e linha de pensamento que a trouxe a baila é que me fodem e me deixam neste estado!

Quando chegou a casa ontem o H. disse-me que ia descansar. OK. achei bem. Merecia! Mas para aí meia hora depois de me dizer isto, começa a mandar sms e logo percebi que algo se passava. Algo estava errado! Sempre que lhe perguntava o que se passava me dizia que nada. E eu a saber que algo não estava certo.

Passou o resto do tempo em que tava em casa com o mesmo tipo de linguagem nas sms. Curtas e grossas. Deixei andar mas já me tava a passar.

Pouco tempo depois de ele chegar a esplanada e antes de eu sair para ir comprar algo para o jantar, fui ver o meu perfil no HI5, e vi que ele tinha estado no perfil dele e  nada me comentou. Nem é por ele lá ter ido. O perfil é dele, pode lá ir quando bem entender, o que me deixou mal, foi o facto de que enquanto trocamos sms com ele em casa, ele sempre que lhe perguntava, ou estava a ver tv, ou tinha ido ao wc ou tava a cortar as unhas ou a jantar.  Nunca me disse que estava na net. Até podiamos ter teclado um pouco no msn, mas enfim.

Perguntei-lhe directamente e ele lá admitiu que sim, mas foi lá só um minuto.

Tudo bem, pelo menos pensei eu.

Ainda trocamos sms mais um pouco, e ele sempre no corte de conversa.

Até que, pouco depois de eu ter chegado a casa para jantar, me sai com a pergunta que parafraseo agora: se considerava o L. amigo para o ter no HI5.

Apenas lhe perguntei porque. Pelo que consegui entender ele não acha normal, ainda ter o contacto dele. Nem no telemovel, nem no msn e muito menos no HI5.

Percebi, ou melhor confirmei o que já sei há muito tempo, o H. é imcapaz de confiar em mim.

Não foi a pergunta que me fodeu, foi tudo o resto.

Há quanto tempo andava ele com isto na cabeça?

Ele até já sabia que o L estava no meu Hi5. Até já lhe tinha dito e explicado como é que tinha acontecido.

Ele sabe que eu o amo, mas ainda não consegue aceitar tudo o que isso representa.

Sou-lhe fiel. Já fiz essas escolha há mais de oito meses! E o facto de ele ainda não ter compreendido isso está a tirar-me do sério.

Perdi a fome. Perdi o sono, e ganhei uma dor de cabeca que perdura até hoje.

A merda do croissant misto ainda está aqui. Deitei-o fora quase agora.

Sinto-me frustrado.

Frustrado por ser incapaz de transmitir à pessoa que mais amo, esse mesmo amor.

Frustrado por não lhe conseguir transmitir fidelidade. Mas como é que isso se faz????????????????

Tenho andado triste. Começo a pensar que todo o esforço que fiz para não ceder a tentação, todo o que em mim mudei, todos os habitos antigos de foder e andar que consegui acabar, tenham sido em vão. Que na cabeça do H. eu continuo o mesmo ser promiscuo e degradante que outrora fui.Mas que com a força e amor do H. já não sou!

Começo a ver que sou incapaz de o fazer feliz.

Incapaz de lhe dar o que ele merece.

Foda-se! Sou um merdas.

R.

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 17.06.08 às 17:38link do post | adicionar aos favoritos

17 de Junho de 2008

 

Tou em casa sem nada para fazer.

Apenas à espera que a maquina acabe de lavar para ir estender a roupa! (momento alto do dia!)

Tive de novo de folga hoje, acordei já passava da 1, fiquei na ronha aqui pelo quarto um bom bocado e lá fui tomar café e dar uma volta a cidade, que nada de novo tem para ver. Hoje então era só velhos por todo o lado.

O meu menino vai trabalhar hoje na esplanada e eu por aqui fico, e confesso um pouco aborrecido, por não ter nada para fazer!

Nestes dias acabo sempre por pensar bastante no passado e em coisas que me aconteceram.

Quem me conhecer sabe que hoje sou um homem diferente. O que me mudou foi um milagre chamado H.

Quem não acredita que uma pessoa pode fazer tanta diferença na vida de outro é porque ainda não me conhece.

Vou voltar para a tv. Tá calor e o meus dedos não estão a querer colaborar com os pensamentos e tá dificil de teclar.

R.

Palavras-chave:

O que me dizes?
Por: Ray, em 16.06.08 às 22:51link do post | adicionar aos favoritos

 

16 de Junho de 2008

 

Bem.... O dia até tinha começado bem.

Estava de folga e quando acordei tinha montes de sms do meu H. e uma serie de chamadas não atendidas dele. Fiquei logo a pensar que ele tinha arranjado um meio de vir ter comigo mais cedo. Mas afinal não.

Apenas me queria acordar porque pensava que eu ia trabalhar hoje. Não se lembrava do meu  esquema de folgas. Mas quando lhe disse que de facto tava de folga, aí é que começou as coisas a ficarem azedas.

Começou a desconversar e as sms dele a ficarem cada vez mais secas e rispidas.

Sei que com tanta coisa na cabeça e com a festa e trabalho que teve este fim-de-semana nunca mais se lembrou. mas o que é certo é que me magou um pouco algumas coisas que disse. E este amuo dele ainda durou algumas horas.

Sei que amuou tambem por eu lhe ter dito que seria melhor ele não vir ter comigo hoje, para poder descansar. Por mais que me custasse não o ver, custa-me saber que ele anda por aí a cair de podre de sono e cansanso.

Mas lá se resolveram as coisas e ele veio ter comigo.

E ainda bem que o fez. Tava desejoso de o ver. Tava mortinho de saudades.

E logo depois de termos chegado ao quarto, ligou-me uma senhora para eu ir ver uma casa para poder finalmente sair daqui, da habotação social como o meu H. lhe chama.

Gostei! Vou-me mudar! e o H. tambem aprovou.

No final de uma boa sessão de namoro, fomos jantar. AO SUSHI LOUNGE!

Eu adorei! o H. nem por isso!

O espaço estava muito bem conseguido, e a comida divinal (para mim claro! para o H. fazia falta um bitoque)

Ficam aqui algumas fotos, da noite em que aconteceu o incidente do gengibre, dos pauzinhos atados para iniciantes e de sabores orientais não muito do agrado do meu amado.

Mas mais promenores contará o meu lindo. (espero, senão conto eu.lol)

R.

.

Palavras-chave: ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 16.06.08 às 13:42link do post | adicionar aos favoritos

And I am telling you
I'm not going.
You're the best man I'll ever know.
There's no way I can ever go,
No, no, no, no way,
No, no, no, no way I'm livin' without you.
I'm not livin' without you.
I don't want to be free.
I'm stayin',
I'm stayin',
And you, and you, you're gonna love me.
Ooh, you're gonna love me.

And I am telling you
I'm not going,
Even though the rough times are showing.
There's just no way,
There's no way.
We're part of the same place.
We're part of the same time.
We both share the same blood.
We both have the same mind.
And time and time we have so much to share,
No, no, no,
No, no, no,
I'm not wakin' up tomorrow mornin'
And findin' that there's nobody there.
Darling, there's no way,
No, no, no, no way I'm livin' without you.
I'm not livin' without you.
You see, there's just no way,
There's no way.

Tear down the mountains,
Yell, scream and shout.
You can say what you want,
I'm not walkin' out.
Stop all the rivers,
Push, strike, and kill.
I'm not gonna leave you,
There's no way I will.

And I am telling you
I'm not going.
You're the best man I'll ever know.
There's no way I can ever, ever go,
No, no, no, no way,
No, no, no, no way I'm livin' without you.
Oh, I'm not livin' without you,
I'm not livin' without you.
I don't wanna be free.
I'm stayin',
I'm stayin',
And you, and you,
You're gonna love me.
Oh, hey, you're gonna love me,
Yes, ah, ooh, ooh, love me,
Ooh, ooh, ooh, love me,
Love me,
Love me,
Love me,
Love me.
You're gonna love me.

Palavras-chave:

O que me dizes?
Por: Ray, em 12.06.08 às 22:57link do post | adicionar aos favoritos

12 de Junho de 2008

 

Calor do caraças.

Esta cidade começou a aquecer, e daqui para o inferno é um saltinho.

Hoje tive de folga. Aproveitei para ir ao banco e dar uma voltita na cidade. O meu primeiro dia de calções! Adoro vestir! E como é o meu habito no verão sempre que posso, saio sem nada por baixo! adoro sentir todo à solta!

Gosto do verão. E da roupa que se veste no verão.

Vi hoje cada enxumaço!!!!! Eu e o meu menino somos fans de ver e apreciar o belo do enxumaço, e as calças de tecido mais leve, ou os calções que se começam a ver, são um regalo para a vista!

Mas o calor apertou e vim para casa. Depois de andar a lutar com o pc, que decidiu não colaborar, e tive mais de uma hora a recuperar o sistema, sentei-me (nú claro está!) a ver um dvd. Aproveitei e comprei a quadrilogia SAW. Só me faltava ver o último e agora já está.

O meu amor está a trabalhar, lá longe na sua esplanada,  e só o devo ver lá para a semana que vem.

Sinto-me vazio, ansioso e inquieto. Acendo cigarro atrás de cigarro. E o tempo não passa!

Já nem andar a ver porno na net me ajuda a passar o tempo.

Sinto saudade do meu H. Faz-me falta a companhia dele.

Por mais sms que se troquem ( e esta semana já vou em 881, que comparada com semanas em que passei as 1200 até nem são muitas), já não são suficientes para mim.

Preciso do toque dele. De o sentir perto de mim.

R.

Palavras-chave: , , ,

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

15
19
20
21

22
23
25
26

30


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory
subscrever feeds