O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 11.09.07 às 18:01link do post | adicionar aos favoritos

7 de Setembro de 2007 – fetishes e fantasias avulsas.

 

Resultado oficial: fodas-0 punhetas-3. ganha a equipa da casa!

Hoje à noite joga-se mais uma jornada! Anda não percebi se estou na primeira liga, ou numa qualquer divisão da distrital da inatel.

Ando de uma maneira que até de pensar em futebol, fico de pau feito. O facto de ver 23 gajos, quase todos com um corpo estupendo, ali com os paus a saltitar no campo, e depois pensar que vão para o duche todos juntos......quase que me babo.

Na proxima reencarnação quero vir de mosca só para dar forma a esta veia de voyerismo, fetiche quem nem sequer tenho.

            Não tenho grandes fetiches nem fantasias.

            De fetiches o maior será gajos peludos. Sou doido por gajos peludos! Peito, barriga, pernas, rabo e colhões, quanto mais peludos melhor, mais me excita!

Não é factor eliminatório, mas ajuda muito na escolha! Vejo um tufo de pelos, nem que seja de relançe, e fico de antena em pé, para ver se o gaydar acusa algo!

Gosto também de ver um gajo num belo boxer, seja dos largos, ou dos apertadinhos, gosto de apreciar! Homens casados também é uma daquelas......( tendo perfeita noção que sou o “outro”)

            Das fantasias, também nada de extraordinário, ou de original!

            Gajos de farda: gnr, psp, militares, ou de seguranças! Também de fato e gravata. Não tento entender porque, mas as fardas dão me pica. Esta já a realizei algumas vezes, mas procuro sempre a possibilidade de a voltar a viver. Já só falta o psp.

            Outra fantasia, também já realizada, é foder em sitios semi-publicos, locais que embora reservados, há o risco de alguem apareçer de repente. Já o fiz, em wcs públicos, não nos compartimentos fechados, mas ali mesmo, junto aos urinois; no carro mesmo durante o dias em parques de estacionamento, nas muralhas de Óbidos, na praia, e até numa travessa aqui na cidade! O receio de ser apanhado, faz o meu pau crescer uns cm extra de excitação!

            Contudo há uma que ainda me falta. Ser um cum pig! Estar rodeado de gajos e todos se virem para cima de mim! Gostava de exprimentar! Mas não sei se alguma vez o farei!

            Mas há fetiches e fantasias que me pertubam! Umas mais que outras, já participei e ajudei a concretizar algumas, outras recuso e recusarei sempre! Chuva dourada, escantologia, zoofilia, pedofilia, s&b, etc e tal, comigo não!

            Nas que entrei, não me excitaram nada por aí além. Recordo-me de uma com P. gnr, que quando sai do duche estava ele deitado já, ao entrar também para a cama, vejo que estava ele com tanga e meias de licra! Quase que perdi o pau, mas lá dei volta a situação, e despi aquelas peças femininas que nada me diziam, com os meus dentes, sabendo que isto ponha o P. em brasa! Outra meio estranha, foi ter feito fisting com o V. ele disse que queria exprimentar, e eu lá o ajudei.

De resto, desde banhos a dois, mãos e pés atados, fazerem-me um broche enquanto conduzia na auto-estrada, no pinhal, nas dunas da praia, sessões fotografadas e filmadas, enquanto fumavam, me pediam para os insultar, a três e a quatro, foder com a roupa vestida, simular uma violação, dupla pentração com um dildo e com outra piça, vir-me para cima de caras, bocas, peitos, mãos, paus, colhões, rabos, costas, oculos, boxers e t-shirs, já fiz quase de tudo!

            Não tenho tabus, e só mesmo aquelas coisas que sei que não me vão exitar mesmo, é que recuso. Mas tenho a abertura para falar de tudo.

            Acho que com consentimento e gosto mutuo, não há limites nas fantasias. Poderão ser muito úteis e até essenciais, para quebrar a monotonia e afirmar mais uma relação. Já os fetiches são de um foro muito privado. E acho que sem o limite bem deliniado poderão ser perigosos.

            Alinho mais facilmente alinho numa fantasia marada, que ser parte de um fetiche.

Nada tenho contra os tem, cada um vive sua sexualidade como bem o entende e pode.

R.


sitiopeludo@hotmail.com a 18 de Fevereiro de 2008 às 13:06
Passei por aqui... Um abraço

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14
15

16
17
19
20
22

23
24
26
27
29

30


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory