O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 24.11.08 às 17:01link do post | adicionar aos favoritos

24 de Novembro de 2008

 

O meu nino deu-me um dos melhores sábados que me consigo lembrar!

Na sexta-feira não vei ter comigo. Saiu com os amigos dele e eu acabei por ir sair também sozinho. Fui tomar café ao bar. Mesmo que trabalhe lá sempre gostei do espaço como cliente. Não foi tão bom como estar com o H. mas acabei por espaireçer na mesma.

No sábado mesmo no final da tarde, quando ele estava a fechar o tasco, começamos a tentar chegar a um acordo sobre onde ir jantar. Como não dizia onde gostava de ir, ele só me mandou por todo bonito que ele decidia.

Assim fiz! Tomei banhoca, desfiz a barba, e vesti-me todo à betinho. Demorei-me tanto desta vez, que o H. chegou ainda eu me estava a acabar de vestir.

Ele nem subiu. Assim que entrei no carro ele arrancou logo. Ainda tive que apertar com ele um pouco para saber onde íamos.

Ele lembrou-se de um restaurante italiano numa cidade aqui vizinha. Adoro aquele restaurante. Já lá comi duas ou três vezes, mas já não ía lá faz anos. Adorei o gesto. Ele lembrou-se que eu tinha dito que o espaço e a comida era boa, e que um dia tinhamos que lá ir.

Jantamos mesmo muito bem. A comida continua optima. E para não variar o H. fartou-se de ver gente que ele conhecia. Afinal aquela cidade está a meia dúzia de km da terra dele.

Depois da janta, ele levou-me a um bar para tomar café. Isto ainda foi mais especial para mim. Fomos a um bar onde ele custuma ir mais o grupo dele. Gostei mesmo, mesmo muito deste gesto. Senti que de alguma forma ele está a dar-me a conhecer partes da vida dele que eu não conhecia, embora não estivesse lá nenhum dos amigos dele, o H. levou-me a um sítio de que gosta e eu não conhecia.

Depois desta paragem rumamos á minha cidade. Durante a tarde o meu mano mandou uma sms a perguntar se queriamos ir tomar um copo à noite. Mandei-lhe uma sms e ele respondeu que estavam em casa, para lá passar-mos e depois saímos. Assim fizemos.

Quando lá chegamos, eles tinham companhia. Dois casais amigos deles, que embora eu conhecesse o H. nem por isso. Vi que o meu nino não estava muito à vontade. E eu também não. O meu mano não disse da presença dos outros propositadamente para nós lá passarmos. Mas não gostei muito. Não por mim, afinal conheço-os e eles sabem que sou gay e estou á vontade, mas o H. não fica.  E não gosto de o pôr nestas situações. Embora todos metessem conversa com ele, vi que não estava muito bem.

Conversa para cá e para lá, e decimos sair todos. A primeira ideia era para ir a um bar que nem eu nem o meu homem gostamos. De facto detestamos. Eles iam para lá e nós para o bar gay. De repente alguem se lembrou de ir-mos antes para uma disco aqui na cidade. E assim foi. E ainda bem.

A disco não é nada de extraordinário, mas diverti-me muito. Chegamos ainda não estava muita gente e fomos para a area de fumadores e por aí ficamos o resto da noite.

A disco é de musica predominantemente latina. Até gosto.  E é frequentada essencialmente por gente da minha geração e até um pouco mais velhos. E andava lá cada homem.... minha nossa....e alguns até retribuiam os olhares.

Passado um pouco de lá estarmos chegou a D. amiga que há muito não via. Soube-me tão bem apresentar o H. como meu namorado.

Com esta noite o H. ficou a conhecer basicamente o grupo de amigos com quem custumo andar, e que sabe que sou gay. Gostei tanto de os ver a falar e a tentar conhecer melhor o meu namorado. E o H. a começar a abrir-se também! Ele fica sempre muito timido e calado ao pé de gente que não conhece, mas no sábado vi que ele estava a ganhar confiança com alguns. Quase todos são tão extrovertidos como eu, e estavam sempre a meter-se com o H.

A tesão estava a crescer e viemos para casa.

Falamos um pouco já sentados na cama, mas os corpos estavam a pedir e rápidamente nos estregamos um ao outro. Vim-me na boca dele enquanto lhe fazia um cunete. Estava mesmo cheio de tusa.

Amo-o muito, e este sábado marcou-me muito.

R.

 


Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
15

20
22

23
25
26
27
28
29

30


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory