O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 07.07.10 às 16:35link do post | adicionar aos favoritos

7 de Julho de 2010

 

Ontem mudei de quarto.

Embora dentro da mesma casa, um dos quartos é o maior, e como ficou vazio, mudei-me para lá. O quarto onde estava tinha demasiadas maneiras de me fazer lembrar do H.

Outra coisa que fiz também há dois dias foi voltar a criar um perfil no gaydar. Foi através de lá que conheci o amor da minha vida, quem sabe se não encontrarei lá uma nova distracção. Não me atrevo a dizer novo amor, porque isso não será possível. Pelo menos não tão depressa.

Ao criar o tal perfil, senti-me um pouco culpado. Não sei bem explicar porquê. Como se tivesse a trair o H. Não faz muito sentido, eu sei, mas é o que sinto.

Não significa que já o tenha ultrapassado. Mas preciso de algo para ocupar a mente, se não entro em loucura. Adormeço a pensar no H. acordo e olho logo para o tlm como se fosse possível lá estar umas sms dele como estiveram durante dois anos e 8 meses.....

Ontem no bar, o meu tlm tocou já passava da meia-noite. Era um número privado. Não tenho por hábito atender números anónimos, mas dada a hora, e pensado que poderia ser algo importante e grave, resolvi atender. Ninguém falou. Ouvia do outro lado alguém a respirar. Mas nada disseram. Apenas um respirar. Sei que o H. não faria uma coisa dessas, mas no meu coração era ele quem espera que o tivesse a fazer.

Passado uns minutos já dentro do bar, só tive tempo de correr para o w.c. antes de começar a chorar a pensar nele. Tudo por causa de uma música que passou.

Black dos Pearl Jam.

Em especial os últimos versos.

 

“I Know that someday you have a beautiful life,

I know you’ll be a star,

In somebody elses sky,

Why, why can’t it be mine?”

 

“Sei que um dia terás uma linda vida,

eu sei que serás uma estrela,

no céu de alguém,

porquê, porquê não pode ser o meu?”

R.

 


AdolescenteGay a 7 de Julho de 2010 às 22:00
Olá rapaz!
Não passava por cá a algum tempo..
Já percebi que houve uma separação...
Força e beijinhos :)

Palavras Rasgadas a 7 de Julho de 2010 às 22:34
Um excerto do que escrevi hoje e acho que faz tanto sentido...

"Do nada começa a dar aquela música. O nosso coração começa a palpitar mais acelaradamente. Deixamos de ouvir qualquer ruído que esteja à nossa volta. Todos desaparecem. O nosso cérebro automáticamente começa transmitir para nós aqueles versos. É incrível o que aquelas palavras nos fazem sentir. Cada uma é tão certa, faz tanto sentido. Aquela música deixa de ser de quem a está a cantar e passa a ser nossa."

Muita força :)

Podem tratar-me por vizinha... a 8 de Julho de 2010 às 21:07
Ray, sei precisamente como se sentiu com isso da chamada, também já perdi um grande amor (o maior até agora) e não foi nada bonito...

Ainda hoje, sempre que recebo uma sms de um numero que nao conheço, ou uma chamada, fico sempre na esperança de que seja ele, a pedir me desculpa, a dizer que quer resolver tanto, mas nunca é... Por isso sei como se sentiu, é uma dor horrivel, é como criar espectativas sobre alguma coisa, como comida. Sei que é parvo, mas é bem verdade, criamos espectativas sobre o sabor dela, sobre o quão boa será, mas, depois, vemos que não é bem como esperávamos que fosse. E isso só estraga ainda mais as coisas...

Luís a 9 de Julho de 2010 às 02:34
Olá Ray.

Não sei bem como dei com o teu blog enquanto pesquisava no google sítios para fazer uma pequena viagem, para ter umas pequenas mas gostosas férias que tanto bem fazem.

Devo dizer que não sei como te sentes, nunca passei por essa situação. Apenas consigo tentar imaginar como seria se isso me acontecesse. Creio que seria uma dor terrível de mais. Tão terrível que me impeço de a tentar imaginar melhor.

Por isso, um grande grande abraço que bem precisas, mesmo que seja dum desconhecido qualquer! Tenta acreditar que coisas melhores virão, nada na vida é eterno e, por mais que não pareça, há sempre uma luzinha ao fundo do túnel.

Muita força e muita coragem!

Tens aqui mais uma pessoa que te dará apoio se o precisares! Nestes momentos precisamos de todo o apoio que pudermos, por isso toda a ajuda conta :)

Grande abraço!

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory