O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 15.06.09 às 19:59link do post | adicionar aos favoritos

15 De Junho de 2009

 

Andei ausente e sem nada escrever durante bastante tempo. Mas por bons motivos. Primeiro o meu aniversário, depois a preparação para uma feira na qual o bar esteve e por fim, e a melhor de todas as razões o meu nino esteve de férias aqui junto a mim!

O meu aniversário já passou. Mais um ano... ando a ficar velho. O meu nino encheu-me de prendas. Um perfume óptimo, e umas t-shirts LINDAS!!! Deve ter gasto uma fortuna, aquele borreguito! Mas adorei. Na noite antes do meu aniversário fui trabalhar. E por acaso apareceram lá um grupo do qual gosto bastante. Uma antiga colega de trabalho e mais alguns amigos dela que entretanto são clientes frequentes do bar. E não sei bem como, lembraram-se que fazia anos, e sem eu perceber à meia-noite levantaram-se e começaram a cantar-me os parabéns e traziam bolo com velas e tudo. Fiquei emocionado. É mesmo daquelas coisas que não estava mesmo nada a ver acontecer.

Pouco dias depois do meu aniversário o meu nino entrou de férias.

Infelizmente não pode tirar férias desta vez. Nem mesmo folgas tive. A custa da feira e das celebrações dos feriados da semana passada não houve maneira de tirar dias.

Mas não foi por esse motivo que não tentei tudo por tudo para não frustrar as férias do meu amor. Ainda que todas as noites fosse trabalhar e ele sempre vinha comigo e estava lá ao meu lado, durante o dia deu para fazer algumas coisas.

As celebrações do 10 de Junho foram muito expressivas aqui na cidade. De facto foram como nunca haviam sido celebradas.

Militares e policias por todo o lado. Num dos jardins da cidade os militares montaram uma enorme exposição a qual eu e o H. fomos amiúde. Não só pela exposição em si, na qual estavam coisas e equipamentos que nunca havia visto ao vivo, mas especialmente pelos militares. Cada homem....cada corpo.... loucura!

E ainda por cima um grupo deles fez do bar quartel-general da bebedeira nocturna durante a sua estadia na cidade. Todas as noites a mesma loucura. E havia um deles que embora desse uma de macho, fartou-se de olhar para mim e para o H. lá no bar.

Dormir, também dormimos muito. Conseguimos ir à praia algumas vezes. Mas só de uma delas é que apanhamos bom tempo. De todas as outras, se tivéssemos levado um cobertor acho que o teríamos usado.

Descobrimos entretanto que nas dunas entre o Baleal e Peniche também se faz nudismo e que é uma zona de engate gay. Fomos lá 2 vezes, mas sinceramente não se viu nada de jeito. Talvez a conta do frio que estava.... mas ainda lá temos que ir mais algumas vezes para tirar isso a limpo.

Foi semana e meia de namoro contínuo. E muitas coisas pequenas, outras maiores se passaram. Não vou dize-las todas. Mas aprendi e o nosso amor cresceu e ficou mais forte.

AMO-TE H.! OBRIGADO POR TUDO!

R.

 


O que me dizes?
Por: Ray, em 26.03.09 às 15:29link do post | adicionar aos favoritos

26 de Março de 2009

 

Tinha que fazer uma entrada no blogue sobre isto.

Infelizmente não tenho os dados todos certos. Mas sei que foi o ano passado, algures em entre o final de Fevereiro e o meio de Março que coloquei um contador no meu blogue.

Decidi colocar o contador apenas para me aperceber se o blogue tinha ou não visitas, e até que ponto o que escrevia teria ou não interesse.

Entretanto passou um ano. E o número de visitas chegou a um valor que não pensava atinguir tão rápido.

26510!!

Confesso que me faz mesmo muito bem ao ego ver este contador a subir. Sei que tenho visitantes assiduos, e até já sei que há pessoas que começaram blogues por terem sido de alguma forma inspirados e influenciados pelo meu.

Mas o que verdadeiramente me dá gosto é saber que que a minha vidinha, o meu quotidiano que por vezes é aborrecido, outras vezes cheio de coisas que valem a pena contar é seguido por muita gente, que embora não me conheçam pessoalmente, conhecem-me melhor que muitos amigos e familia.

O meu obrigado a todos os que me visitam, e em especial aqueles que continuam a visitar e a participar.

R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 22.12.08 às 02:07link do post | adicionar aos favoritos

21 de Dezembro de 2008

 

Ontem foi dificil.

Como já sabia o meu nino ia ter um dia muito ocupado, e fiquei logo mentalizado para não receber muitas sms dele. Durante o almoço e até ao final da tarde as coisas até correram bastante bem, deu para ir trocando algumas mensagens e as coisas estavam bem e animadas, iamos conversando e trocando palavra sobre isto e aquilo, sobre quem estava, que se fazia, as prendas que ia recebendo, etc...

A hora a que as amigas dele o apanharam para ir para o jantar de aniversário (que elas organizaram) coincidiu com a minha hora de ir para o bar. Até ele começar a jantar continuamos a trocar sms. Mas depois tudo piorou.

Cada vez menos sms, cada vez mais espaçadas e mais vazias e confusas. Quando fiz um comentário sobre uma prenda que recebeu até se passou comigo. Apenas porque disse que não tinha achado graça nenhuma ao que lhe deram. (E continuo a achar que foi um desperdicio de dinheiro e um total falta de gosto).

Acalmei-me e tentei mudar de assunto como se nada fosse. As sms cada vez mais espaçadas no tempo, mas como o bar começou a encher pelo menos tinha outra coisa em que pensar.

Mas costumava-me olhar para o tlm, saber que ele estava a divertir-se e nem uns momentos tirava para mandar uma msg. Chegava a mandar 2 e 3 sms antes de conseguir uma resposta dele.

Já para não falar do numero de sms que escrevia e nem enviava, porque não lhe queria estragar a noite, não queria que ele parasse de se divertir e de curtir a noite com os amigos.

Mas custava-me muito não ter noticias dele. Sempre que recebia uma sms dele, ficava com um sorriso de orelha a orelha, mas o meu coração pedia mais. Mas nada lhe pedia. A noite era dele. E se não mandava sms era porque assim o queria.

Já no final da noite, enquanto estava a ir para casa, o meu nino também já tinha chegado a casa, e no final de lhe mandar uma serie de msg sem obter resposta, não me consegui segurar e tive mesmo que lhe ligar, visto bem as coisas, mandei mais sms eu que estava a trabalhar, que ele estando a curtir a noite.

Ao ouvir como me falava percebi que já estava bem tocado com alcool. Falamos um pouco, mas não deu para matar a tristeza que tinha no meu coração.

Tristeza por não ter estado com  ele, tristeza por não partilhar com ele um dia tão especial, tristeza por tão pouco me ter dito durante a noite. Já que não pudia estar com ele na noite de aniversário, gostaria que ele me tivesse incluído mais, tivesse partilhado comigo mais... mas enfim....

Hoje quando acordei já tinha uma serie de sms dele. Aproveitaram o bom tempo e abriram o tasco. Pensava que ia estar com ele hoje mas esse plano ficou logrado.

Como estava a trabalhar as sms não eram muitas de novo. Claro que entendi. Ele estava a trabalhar.

A minha surpresa foi mesmo no final da noite. Ele foi jantar a casa dos tios, e de novo tinha que lhe enviar 2 ou mais sms para obter uma resposta dele. E ainda por cima ficou chateado comigo.

Até mesmo quando já estava em casa, poucas msg me mandava, e sempre com mau humor e depois de insistir para obter resposta. Fiquei sem perceber se o fazia de proposito ou se simplesmente não tinha nada mais para me dizer. Saltou-me a tampa e disse-lhe que ia parar de insistir que me mandasse sms.

Foi para a cama chateado comigo. Passado umas horas ainda me mandou uma serie de sms que não consegui entender. As respostas às msg que lhe envia não faziam qualquer sentido. Pelo menos não para mim. Disse-lhe que era melhor ele ir dormir e que falavamos amanha, respondeu que não. Como estou de folga amanha fiquei sem perceber se não vem cá, ou se esta greve nas msg é para continuar.

A ideia com que fiquei é que lhe dá prazer que ande sempre a pedir, a rogar que me mande sms, que fica em silencio propositadamente só para me ter a pedir que me diga o que faz e o que se passa com ele.

       R.


O que me dizes?
Por: Ray, em 20.12.08 às 18:54link do post | adicionar aos favoritos

20 de Dezembro de 2008

 

O meu nino faz anos hoje.

Tem o dia para lá de preenchido!

Almoço com a familia alargada, festa de Natal da empresa ao final da tarde e depois jantarada e copos com os amigos.

Comigo só mesmo por sms e por chamadas.

Tivemos juntos ontem. Mesmo com algum sacrificio financeiro consegui compra-lhe uma prenda. Não é nada de especial, mas vi que ele gostou muito. Os olhos dele até brilharam quando abriu a prenda. Senti-me mesmo muito bem ao ver a cara de alegria e felicidade. Quase que chorei.

Comprei-lhe um lenço/cachecol/echarpe da Salsa. Aquilo agora está na moda e uma vez o meu nino disse-me que gostava. E fica-lhe muito bem.

Estou um pouco triste por não estar com ele, afinal faz 30 anos, mas também não dava para estarmos juntos, e vendo bem as coisas o que é importante é ele estar feliz e divertir-se muito hoje. Ele mereçe!

AMO-TE MUITO G.

FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

R.

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 01.10.08 às 15:57link do post | adicionar aos favoritos

29 de Setembro de 2008

 

Mais uma semana a começar.

O T. e o D. os meus roomates, começaram as aulas hoje também. Coitados.

Como são caloiros chegaram a casa todos com a roupa e cabelo todos cagádos com um mistela de ovo, farinha, ketchup e sabe-se lá mais o quê.

Já os estive a ensinar a usar a máquina de lavar. Taditos.

Já me estou a prepara para o barulho de caloiros bêbados. Não aqui em casa, mas vivo entre dois bares frequentados por estudantes. Ainda haverá muitos baldes de água a sairem da minha janela para acalmar os ânimos! O pior é que vivo no primeiro andar....

Mesmo durante o dia vai ser barulhento estes meses. Vivo a poucos metros da entrada do politécnico e entre praxes e ensaios nocturnos para o desfile vou ter muito para aguentar.

Fui à cidade hoje para blogar, e não se via nada de jeito. Os gajos bons devem estar todos a trabalhar.

Ainda fui ver preços para a prenda do H. mas só encontro numa loja e tem mesmo que ser lá! Agora que já sei o que vou comprar para o aniversário de namoro, já ando a pensar no aniversário dele e no natal. Até já tenho uma ideia... mas ainda tenho que a amadurecer e pesquisar.

O meu nino não veio cá hoje. Tenho saudades. Amanha é que vai ser!

R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 11.08.08 às 15:43link do post | adicionar aos favoritos

10 de Agosto de 2008

 

      Dez meses de namoro.

      É domingo e estou sozinho.

      Nem vou dizer mais.

      Amo-te muito H. Fazes-me muito feliz!

      R.

 

Palavras-chave:

O que me dizes?
Por: Ray, em 08.06.08 às 01:19link do post | adicionar aos favoritos

8 de Junho de 2008

 

Já há um tempo que ando a tentar arranjar um tempinho para por a escrita em dia por aqui!

sei que vai ser impossivel pôr por escrito tudo o que se tem passado, mas há alguns assuntos que não posso deixar de os escrever!

Embora não estejam directamente relacionados, vão ficar mesmo aqui todos juntos neste post, pois assim tambem estão eles na minha cabeça.

 

Ainda me custa a acreditar. Mas fiz anos! É verdade. 31! Ainda mal me habituei a dizer que tinha 30, e tumba! toma lá mais um!

Por causa do trabalho, tive que ir a uma reunião à sede da empresa, que fica perto do Porto e perdi mais de metade do dia lá, quando cheguei, o gerente ainda quis fazer uma reunião! Tripei, passei-me mesmo dos carretos! Lá se despachou as coisas, eu já com o meu H. à espera, e logo que pude vim a correr para os braços dele. Ainda deu para gozar o resto da tarde e noite com ele. Fomos jantar juntos e fizemos amor! Adoro o meu menino! Deu-me um polo que eu adorei. Deu-mo sem poder. Gastou money que nao tem! Mas fez-me muito feliz e ao mesmo tempo frustrado. Sei que tinha uma serie de coisas combinadas e planeadas e por causa da merda da reunião, nenhuma delas se realizou.

Mas senti o seu amor por mim!

 

Antes do meu aniversário, foi a abertura da loja.

Foi um sucesso! Gente por todo o lado.

Ainda bem. Agora é que a festa vai começar!

Mesmo no final de tanto tempo de formação e estágio, sinceramente ainda não me sinto preparado e seguro para estas novas funções!

O stress é tanto e a pressão é tão grande que por vezes só me apetece enrolar num canto e chorar! Mas não dá! tenho por a minha cara de forte e seguir em frente!

 

O outro assunto que me anda a bailar na cabeçca é a insegurança do meu H.

Começo a não entender, Ele ainda não se convenceu nem aceitou que eu o amo! E só a ele.

Que só a ele só fiel.

Comça deixar-me verdadeiramente preocupado!

R.


Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory