O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 24.05.09 às 19:33link do post | adicionar aos favoritos

            21 De Maio de 2009

 

            O factor “B” não é mais que o factor “Barman” ou dito por extenso o factor de “Estou aqui com um amigo que nunca veio ao bar e vou chamar o barman pelo nome e fazer-me como se fosse amigo dele para impressionar o meu amigo”.

            Quase todas as quintas-feiras passo por isso. Quando me apetece até lhes dou conversa e ajudo na farsa, mas a maior parte das vezes simplesmente ignoro.

            Outra coisa que me deixa pouco há vontade é que a qualquer lado que vá, já há pessoas a cumprimentarem-me na rua, e a acenarem-me nos cafés e restaurantes! E quando por vezes esses acenos são na rua ainda oiço “é o senhor do Bar” dito entre dentes para explicar a quem os acompanha quem eu sou!

            Se por vezes tem a sua graça, a verdade é que a maior parte das vezes não! É que ainda por cima sou terrível com caras e nomes, e quando me saúdam eu respondo, mas não tenho qualquer noção de quem é, ou de onde o conheço!

            A par deste sintoma existe outro também muito popular. O factor “PD” de porteiro de discoteca!

            Ainda assim, prefiro sofrer de factor “B.”

            R.

 

Palavras-chave: ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 18.05.09 às 19:52link do post | adicionar aos favoritos

15 de Maio de 2009

 

Não tinha grandes planos para estes fim-de-semana. O mano do meu nino vinha estes dias, e o como tal o H. não deveria vir poder passar muito (ou mesmo nenhum tempo) comigo. Mas felizmente não foi assim.

Apareçeu aqui na sexta-feira e ficou. É sempre tão bom estar com o H. Mesmo quando não temos nada planeado.

Como tinha que trabalhar ele foi sempre comigo para o bar. Como as babes também vão sempre acaba por se divertir e estar entretido, ora a conversa, ou a jogar Uno ou mesmo no vicio do Travian!

No sábado foram ao bar duas pessoas que nunca esperei ver por lá!

O dono da pastelaria e o companherio. O tal que nos andou a fazer flirt há um tempo. Foi engracado. Desta vez eram eles os clientes! Já para o final da noite, quando já estava mais fraco, consegui ficar um pouco à conversa com eles. O companheiro que até então era o mais calado começa a soltar-se e a falar mais. Acho que temos um novo casal amigo. Eu e o H. sentimo-nos muito à vontade quando vamos lá a pastelaria. Ficamos frequentemente à conversa com eles, juntos ou apenas com um deles.

De resto o fim-de-semana foi sem grandes acontecimentos..... a registar apenas algo na sexta-feira à noite.

O meu nino não estava a sentir-se mutio bem por causa das alergias e saiu mais cedo do bar para vir para casa. Quando cheguei mais tarde, estava ele na caminha, e notei que antes disso, mudou os lençois, e como estava sem nada para fazer decidiu lavar o chao da casa.lol

Quando me deitei a seu lado, so me disse: “Estou todo lavadinho”. Foi a deixa para lhe fazer um daqueles cunetes que nos levam os dois ás núvens!

R.

 

Palavras-chave: , , , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 07.05.09 às 19:57link do post | adicionar aos favoritos

            7 de Maio de 2009

 

            Conversa que ouvi a um puto (estudante do politécnico) ontem no bar:

            Toque de telemovel.

            “- Tou? Tás bem puto?

            -.....

            - Aqui no bar.

            - ....

- Tá pouca gente. Tou aqui com o meu namorado e o F.

            - ....

            - Ok. Se não te apetece.....

            -....

            - Tão até amanha. A aula é as 9 e meia né??

            - .....

            -Ok. Abraço.”

 

            Fiquei admirado, mas ainda bem que as coisas vão mudando.

            R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 13.04.09 às 20:17link do post | adicionar aos favoritos

      6 de Abril de 2009

 

      O meu irmão conseguiu uma entrevista de trabalho, mas a sede da empresa é em Setubal. Por estar sem carro pediu ao H. que fosse com ele lá e como eu conheço razoavelmente bem aquelas bandas acabei por ir também. E ainda bem que fui, senão a esta hora ainda por lá estavam a procura da dita empresa.

      Enquanto o meu irmão estava na entrevista eu e o meu nino tentavamos nos entreter. Mas não havia muito para ver ali. Como era na zona industrial de Setúbal a única coisa em que podiamos entrar e passar algum tempo era mesmo uma florista. Seca!!

     De repente e enquanto estavamos na estufa deu-me uma dor de barriga daquelas! Acho que fiquei de todas as cores. Não sei se foi do Macds que comemos à pressa, se foi do café que tinha acabado de beber num café de beira de estrada, mas estava mesmo com a tripa a rebentar. Enquanto via se encontrava um wc, a vontade passou. Ainda bem, porque não encontrei sítio para usar. Rumamos a pé de novo para perto do carro.

      Logo que chegamos ao carro, a vontade voltou. Mas desta vez ainda maior que antes. Estava a ver ia borrando as calças! Sem mais sítio para ir, foi mesmo ali. Aprorveitei um lote ainda em fase de aterro, e foi mesmo ali, atrás de um muro. Se tivesse baixado as calças um minuto depois teria sido tarde demais. Há muito tempo que não aliviava a tripa na natureza. O meu nino só se ria. E ainda tirou fotografias!

      Depois da entrevista e já a caminho de casa ainda paramos para dar uma voltinha no Forum Monijo.

      Chegamos e pouco tempo depois já tinhamos jantado e estava de novo no bar.

      Antes de adormecer-mos e já na cama com a luz apagada, o meu nino sem querer deu-me um valente linguado na narina. E ainda demorou uns segundos até ele perceber o que estava a fazer. Foi um fartote de riso.

      R.

 

Palavras-chave: , , , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 13.04.09 às 20:14link do post | adicionar aos favoritos

      4 de Abril de 2009

 

      O meu nino começou as férias ontem e veio ter comigo hoje.

      Como estava a trabalhar veio directo para o bar. Foi engraçado. Logo que ele chegou, as babes também chegaram e meteram-se logo a jogar uno. E eu a trabalhar que nem um mouro e cheio de inveja de não estar também a jogar. Mas a vida é assim. Pelo menos podia ir olhando para ele. E com aqueles olhares de complice partilhavamos sentimentos e pensamentos sem nunca dizer uma palavra.

      Até mesmo quando eu ou ele queriamos que o outro apreciá-se uns gajos que estavam lá no bar, através do olhar conseguiamos comunicar isso. Foi engraçado.

      Depois do bar fechar, e como já há um tempo que as babes falavam nisso, decimos ir a uma discoteca numa cidade aqui perto. Fomos até à HORTA DA FONTE. E acabei por não me divertir muito.

      Quando lá chegamos aquilo estava mesmo cheio. Para mim até demais. Não gosto muito de apertos. Mas enfim, como o meu nino e as miudas estavam a gostar, também não ia estragar o ambiente.

      Depois de dar uma volta completa ao espaço, lá encontramos um sítio com algum espaço para estarmos. Não aguentei ali muito tempo, a música não me dizia nada, e fui para a pista de house, é mais a minha onda. Eles seguiram-me. Mas como a música começou a ficar muito pesada para eles, lá dei a mão a torcer e fui com eles para a pista de música mais comercial. Assim que passamos a porta, o meu nino perdeu a vergonha e começou logo a dançar. Acho que nunca o tinha visto dançar tanto.

      Como não estava virado para as danças ia vendo o que por ali andava. Alem da geração “cogumelos com açucar” havia lá cada gajo podre de bom.... deu bem para lavar as vistas.

      O serviço de bar na discoteca é que deixa muito a desejar. Mesmo muito mau!

      As gajas que estão a trás do balcão estão mais interessadas em dançar e mostrar as mamas que própriamente em servir bebidas. Valeu-me um dos barman que de facto sabia estar num balcão. Mas quando fui pagar é que me apercebi que o tal gajo numa das vezes que lhe pedi uma imperia registou no cartão uma gim. Passei-me mesmo.

      Como o cansanço apertava viemos para casa. Antes ainda fomos buscar umas bifanas para compor o estomago.

      Antes de adormeçer eu e o meu nino ainda tirámos o leite um ao outro.

      R.

 

Palavras-chave: , , , , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 30.03.09 às 20:05link do post | adicionar aos favoritos

29 de Março de 2009

 

      Não sei como adjectivar o que sinto. Apenas sei que não é bem.

      Como estava a trabalhar este fim-de-semana, e o dinheiro anda escasso, o meu nino e eu decidimos que seria melhor ele não vir cá no sábado, e apenas vir no domingo. Achei muito bem!

      O almoço de sábado foi patrocinado pelo bar. Como a feira correu bem, os patrões decidiram pagar o almoço a todos os que tiveram envolvidos. Foi giro. Almoço no que para mim é o melhor restaurante da cidade. Comi mesmo muito bem. E a bem da verdade também bebi bem! Depois da comezaina, e como também não tinha nada para fazer decidi aceitar o convite da S. e da F. Para umas partidas de Uno.

      Decidimos ir para o bar, e achei engracado que a caminho ambar perguntam pelo H. e se ele vem cá, e que tem andado a fazer!

      A minha tarde passou-se a assim. Na jogatana e a trocar sms com o meu homem.

      O que me custou e me deixou mal foi mesmo a noite! Embora o meu nino me tenha dito que estava mal de dinheiro acabou por sair à noite com os amigos. Até aí nada de mal. Tomar um café e um copo também não leva ninguem à pobreza.

      Pouco antes de sair de casa, diz-me que uma antiga curte dele lhe mandou uma sms a perguntar onde fica o bar gay aqui da cidade, porque queriam vir cá e queriam que o H. e eu(?) também fossemos com ele.

      Não sei bem como correu a conversa depois, apenas sei que ele e o H. marcaram encontrarem-se para depois o meu nino explicar o caminha para cá. Pelas sms apercebi-me que o H. estava deserto para continuar na night e até para vir com o gajo e os amigos dele para a disco gay. Nem queria acreditar, mas era uma opção dele, e nada faria para o impedir.

      Lá chegou a hora de eles se encontrarem. Aparentemente vinha a tal antiga curte, o namorado, e umas amigas. Foram todos mais o meu H. para um bar numa cidade perto de onde vive o meu nino.

      Como a hora já ia avançada, acho que decidiram não vir para este bar aqui, mas sim para um outro em T.N. Bar esse que o meu nino não gosta e por isso não ir lá. Acho que ficou desiludido por isso.

      As coisas no meu bar apertaram. Já não tinha tanto tempo para mandar sms, mas custava-me saber que o meu H. estava na noite com uma antiga curte dele e sem mim.

      Como tudo tem um fim, a noite do meu H. acabou. Lá foi ele para casa, e eu já nas limpezas do bar.

      Acabei a noite mesmo triste. Não só ele saiu com uma ex-curte dele, como ainda considerou ir para uma disco gay com eles e sem mim!

      Mas o que me deixa mesmo mal, é o facto de que o H. enquanto não me fez cortar relações com todas as minhas antigas curtes, pessoal que tinha como amigo e até gostava de manter contacto, não descansou! Mas no entanto ele não só mantem contacto com antigas curtes dele, como até sai à noite com eles.

      Não sei o que pensar ou sentir!

   R.

 


O que me dizes?
Por: Ray, em 23.03.09 às 17:03link do post | adicionar aos favoritos

20 de Março de 2009

 

Foi uma semana de trabalho infernal.

Além das noites do bar, ainda tivemos a preparar a barraca na feira para as festas da cidade. Que trabalheira!!!

Andar a correr de um lado para o outro, parar em TODOS as superficies comerciais, voltar para a barraca, arrumar e descobrir que ainda falta meia duzia de coisas, voltar para as lojas e repetir tudo de novo porque afinal ainda não estava tudo. Irra! Que trabalheira, mas no fundo gosto deste stress. Pensar em todo o que poderá ser preciso, preparar tudo para que corra pelo melhor!

Gostei do resultado final. Conseguimos transpor para a feira o mesmo look do bar. Andamos de loja em loja à procura de elementos de decoração que lembrassem as coisas que o bar tem, e acho que ficou mesmo muito bem! E como bons portugueses que somos, já andava o presidente da camara a inaugurar e a visitar alguns stands na feira e ainda andava eu encavalitado numa arca a pendurar coisas no tecto. Mas quando ele finalmente passou no nosso, já estava tudo pronto para a fotografia da praxe.

Andei de tal modo ocupado e com a cabeça cheia que mal tinha tempo para ligar o pc. Nem para responder aos comentários no blog, nem para o travian. Mas defenitivamente valeu a pena! O meu nino vem ter comigo hoje. Embora esteja a trabalhar este fim-de-semana, vai saber mesmo muito bom. Estou ansioso.

R.

 

Palavras-chave: , , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 03.03.09 às 22:28link do post | adicionar aos favoritos

2 de Março de 2009

 

Segunda-feira bastante trabalhosa.

Fui mais cedo para o bar para tentar resolver o facto de não termos net, mas a unica coisa que consegui através da help line, foi mesmo a resposta de ir a uma loja da vodafone mais perto e trocar o router.

Depois de dar estas noticias à S. foi dar uma volta pela cidade. Mal tinha posto os pés na rua desata a chover! Mas cair pesado! Uma trovoada fantástica. Adoro trovoadas. Mas como a chuva até levantava fumo quando chegava ao chão, tive que entrar no shopping porque já tinha as calças encharcadas até aos joelhos. Comprei o jantar no pingo doce, onde agora trabalha um segurança que é um pão de primeira! Lindo! Corpo fantástico. É mais uma boa razão para fazer as compras no sítio do costume.

Como havia parado de chover, fui de novo até ao bar, para deixar lá as compras que fiz.

Visto que já lá estava e não fazia sentido vir a casa e passado nem uma hora voltar, resolvi fazer uma operação fada-do-lar lá no bar. Prateleiras, garrafas, balcão, copa, microondas, e bancadas. Foi uma limpeza! Passou o tempo rápido e andei entretido.

Depois de abrir o bar, e já a meio da noite, quando eu o J. e a S. pensavamos que a noite já não teria mais movimento, eis que entra a tuna (completa) pela porta. Foi uma animação pegada. Lembro-me de quando há uns meses fizeram lá também uma reunião e como não cantavam nada de jeito. Acho que até fiz um post sobre isso. Mas agora sim. Muito, muito melhor. Gostei.

R.

 

Palavras-chave: , , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 21.02.09 às 17:27link do post | adicionar aos favoritos

21 de Fevereiro de 2009

 

Mesmo sem estar com o meu nino acho que este vai ser um bom sábado e domingo.

Ontem ele esteve cá. Foi tão bom estar nos miminhos com ele.

Hoje levantei-me já tarde. O J. ontem lembrou-se de exprimentar uma nova bebida que vou não sei onde. Caipirinha de banana. Gostei. Mas como tinha jantado apenas uma sopa e uma sandes algumas horas antes, a cachaca da bebida bateu, e já vim com um grãozinho na asa para casa.

Hoje quando fui ao café, e enquanto lia o jornal, entrou o homem do talho e um outro gajo muito giro que trabalha na mercearia aqui perto. Comprimentaram-me os dois, e enquanto estava ao balcão o gajo do talho pôe as mãos nos bolsos e toca de puxar as calças (que são brancas e de tecido leve) para cima de modo que se notava o enxumaço todo. Primeiro fez isto de costas para mim, e depois virou-se mesmo para mim e toca a fazer o mesmo de novo. Acho que foi mesmo uma provocação!

Hoje é a primeira noite da festa de carnaval lá do bar. Até vamos mascarados.

Vou de romano. Depois até vou por aqui algumas fotos!

Acho que vai ser divertido.

R.

 

Palavras-chave: , , , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 02.02.09 às 15:55link do post | adicionar aos favoritos

             2 de fevereiro de 2009

 

            Até que enfim que Janeiro acabou. Parece-se sempre o mês mais longo do ano.

            Este fim-de-semana finalmente estive de folga. Já merecia e precisava. Quanto mais não fosse para desanuviar os miolos!

            Na sexta-feira já não fui trabalhar. E o meu nino acabou por não vir cá. Fiquei na cama o dia praticamente todo.

            No sábado sim. Acordei à hora do almoço na esperança que o meu homem viesse logo, mas não foi assim. Teve que ir abrir o tasco. Felizmente não foi durante muito tempo, o frio e a chuva ajudaram e veio ter comigo ainda antes das 18h. Fiquei mesmo feliz. Estava mesmo cheio de saudades! Ficamos no quarto a falar e a namorar um pouco, e lá tivemos que sair. O meu gajo precisava de ir ás compras. Láminas para desfazer aquela barba de homem rijo!

            Ainda era cedo para irmos jantar e fomos dar uma volta “dos tristes” até ao shopping. Também não há muito mais que fazer aqui nesta triste cidade.

            Fomos jantar ao nosso chinês, e como não parava de chover, fomos tomar café a um bar que abriu à pouco tempo, e como é perto do bar onde trabalho, aproveitei para avaliar a concorrencia... mas sinceramente não gosto daquele tipo de espaço. Acho-o muito estéril. Mas enfim... há gostos para tudo.

            Ainda lá estivemos um bom bocado a conversa, mas já estava cheio de comichões para sair dalí. Como não parava de chover, e aqui a cabecinha de vento se esqueçeu do chapeu de chuva no bar onde trabalho, demos lá um saltinho para o ir buscar.

            Quando lá chegamos estava vazio. Só o J. (patrão) e um casal. Ficamos um pouco à conversa os 3, e derrepente dá de entrar putos atrás de putos, e como o J. estava  sózinho ainda o ajudei até a S. chegar. Fartei-me de fazer shots e o meu nino teve que ficar um pouco sózinho na mesa.... mas também não podia ficar ali sem ajudar o J.

            Entre as vagas de shots, sentava-me ao pé do H. E ambos a olhar para o J. as calças que tinha vestidas eram mesmo muito reveladoras. Tem um rabinho mesmo muito bem feito! E o enchumaço mesmo muito bem recheado! Sei que usa boxers largos e nesta noite notava-se e bem o pau ajeitado para a esquerda. E a julgar pelo volume e pelo movimento dentro das calças não deve ser nada pequeno. E o H. Também concorda. Numa altura da noite sentou-se ao meu lado de tal maneira que as calças se encostaram mais ao material e deu para notar o tamanho enorme dos tomates. Sim senhores!!! Tenho um patrão mesmo muito bem abonado!!!!!

            Como a S. já tinha chegado, e as coisas estavam orientadas, resolvemos sair. Metemo-nos a caminho do bar gay, e quando lá chegamos vimos que estava fechado. Pensamos que era permanente, que tinha falido ou algo parecido, mas depois de ver o hi5 do bar, soube que era apenas para férias e para obras. Tou para ver o que vai sair dalí!!!

            Como estava mesmo muito mau tempo o meu nino resolveu ir para casa. Deixou-me à porta do prédio e meteu-se a caminho! Ainda nem eram 23:30!

            Fiquei um pouco triste. Era o meu primeiro fim-de-semana em meses e ainda nem era meia-noite e já estava em casa. E sem a companhia do meu nino. Nem subiu para me dar uns beijos e tudo o mais o que sempre se segue....

            Embora racionalmente entenda porque teve que ir, estava realmente mesmo um temporal o meu coração pedia mais.

            No domingo também acordei à hora de almoço. Pensando que o meu nino viria cá. Mas nao veio. Nem foi abrir o tasco. O mau tempo era mesmo muito e tornava-se perigoso vir a conduzir. Além disso tambem estava meio engripado. Assim ficamos os dois em casa. Na casa de cada um!!!

            Fiquei triste e um pouco frustrado. No meu fim-de-semana de folga tive quase todo o tempo sozinho. Sem o meu amor. Entendo que foi por coisas que nos ultrupassam, mas ainda assim.... quando se ama alguem e a saudades são muitas, mesmo quando nada podemos fazer para vencer o que nos separa, no fundo custa.

            Embora pensa-se que iria estar de folga até hoje, afinal enganei-me. Fui trabalhar ontem. Ligou-me a S. ja bem depois da hora do bar abrir a pensar que eu estava lá. No sábado no meio da brincadeira o J. disse-me que para vir trablhar no domingo, mas eu pensei que ele estava a brincar. Afinal não estava. A S. passou aqui e abrimos o bar ja passava das 22h. Azar.

            Agora não sei quando voltarei a ter um fim-de-semana assim tão depressa....

            Continuo com saudades do meu nino.

            R.

 


Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory
subscrever feeds