O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 27.10.08 às 16:52link do post | adicionar aos favoritos

             25 de Outubro de 2008

 

            Grande stress hoje.

            Ontem quando cheguei a casa, e liguei a net, entrei no tal site em que tenho um perfil. Tinha uma msg de um gajo com quem estive a teclar um pouco. O gajo fartou-se de insistir para se encontrar comigo e eu sempre a dar-lhe nega e a dizer-lhe que tinha namorado. Antes de ir para o bar ele manda-me uma msg onde diz que já nos viu (a mim e ao H.) no bar gay e disse que eu estava muito bem entregue. Isto fez-me perguntar se nos conhecia. A resposta só a recebi quando voltei do bar.

            Dizia: “quase que te tive na mão”. E o perfil já havia sido cancelado. Começei a bater mal. Ainda nem sei bem o k significa. Mas não gostei do tom.

            Começei a matutar, a tentar perceber....e a minha cabeça a fazer filmes. Ao lembrar-me da linguagem que usou nas msg, e da forma que insistia para que eu me encontra-se com ele e depois aquela ameaça. Comecei a pensar merdas. Pensei que podia ser o meu menino a por-me a prova. Entao fiz algo que não devia. Entrei no mail dele, e o que lá encontrei fez-me chorar.

            Agora sei que foi concidencia, mas no mail dele estava uma foto que o gajo que se meteu comigo tinha no perfil.

            Depois disto costou-me a adormecer. Chorei a grande parte da noite.

            Durante o dia claro que não estive bem. E fartei-me de perguntar ao H. se tinha algo para me dizer. Preferia que se fosse ele ou ideia dele que me contasse antes de eu lhe perguntar. Tivemos mesmo uma tarde infernal. Os dois.

            Quando finalmente chegou a casa, confrontei-o logo. Disse-lhe o que pensava e como havia chegado aquela conclusão. Depois de falar-mos e esclarecer-mos as coisas, ele também concorda que é uma grande concidencia. E que o gajo que se meteu comigo, ou é alguem que quer foder comigo, ou então alguma ex-curte que queria fazer chantagem comigo.

            De qualquer forma não gostei, e o que é certo é que eu e o meu nino andamos na merda o dia inteiro à custas disto.

       R.

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 23.10.08 às 17:45link do post | adicionar aos favoritos

            23 de Outubro de 2008

 

            Há dias de merda. Esta semana tem sido dia sim, dia também.

            O pior é que não entendo muito bem porquê.

            Parece que esta semana se arrasta.... que o tempo não passa.

            Gostava de poder dizer o que se passa. Mas a verdade é que nem entendo muito bem o que é.

            O meu nino tem andando meio constipado. E sinto-o distante, diferente e que algo se passa naquela cabeça. Tenho algumas ideias do que por ali vai, mas sem as entender e tão pouco como lá foram parar.

            Sei que se passa algo, mas para isso tive que apertar com ele e insistir mesmo, mesmo muito antes de ele me dizer algo que sei que ainda não é a historia completa.

            Há uns meses atrás criei um perfil num site de bears. Gosto de ver e apreciar. Ele sabe que o criei. Aliás foi ele que me deu o link porque não me lembrava qual era. Para poder criar o perfil é obrigatorio colocar fotos. Depois de o criar nunca mais lá fui, até porque não tinha net.

            Esta semana recebi um mail do site, a avisar-me que como não havia visitado o meu perfil há muito tempo este seria desactivado. Fui ao site, fiz o log in e actualizei o meu perfil.  Nessa noite, o H. foi a esse mesmo site, e viu o meu perfil. Percebi logo que não ficou bem. Novamente não sei bem o que lhe passou pela cabeça, mas algo foi. Já se devia ter esquecido que tinha la um perfil e deve ter feito um filme daqueles, mas pouco ou nada me disse e ainda assim só depois de muito o pressionar.

            O que é certo é que desde então as coisas não andam famosas. Sei que algo se passa. Mas ele não me diz o que é. E começo a ficar cansado de andar sempre a perguntar vezes sem conta até que ele se abra um pouco comigo.

            Outra coisa que não ajuda, são os amigos dele. Alguns viram o meu perfil e foram logo dizer-lhe. Perguntando se ele sabia. Não gostei desta atitude deles. Até porque ontem um deles aqui da cidade meteu-se comigo no tal site. Como o reconheci entabelei conversa com ele. E ainda tivemos um bom bocado a mandar msg. A determinada altura ele manda-me o mail dele para eu o adicionar no msn. Achei estranho e como tal mandei uma sms ao H. a dizer-lhe da situação. Como o meu menino me disse para o adicionar, assim o fiz.

            Já no msn, percebi que ele não me havia reconhecido. Tratei logo de lhe dizer quem era e a conversa basicamente morreu. O gajo estava no engate e como sabia que de mim não levava nada, perdeu o interesse na conversa. So percebi que estava a tentar engatar por esta atitude. As msg nunca tocaram no assunto, mas assim que ele soube quem era parou de fazer conversa acho que mostra a atitude que tinha. O meu nino soube sempre que estava no msn com este gajo.

            Hoje e depois de muito apertar com o H. finalmente soube que ele não estava bem porque o tal gajo que esteve no msn comigo havia falado com ele e que achava estranho eu ter um perfil no bears e acrescentou que havia estado a tclr comigo no msn.

            Não gostei mesmo da atitude. Pareçe que estava a “meter ferro” na nossa relação. Este gajo é um mete nojo. Acha estranho que eu tenha um perfil e ter namorado. Ele também o faz. Tem namorado e também tem perfil e ainda se mete com gajos. Mas isto aposto que ele não disse ao H.

            Detesto alcoviteiras.

            Ainda não sei na totalidade o que realmente vai na cabeça do H. Nem sei como descobrir. Primeiro que ele se abra comigo..... Tenho que apertar e apertar e ainda assim sai a conta gotas.

            Começo a pensar se alem desta situação haverá mais coisas que ele não fala comigo só porque não aperto com ele. Quantas mais coisas haverá das quais não tenho conhecimento.

            Que merda....

            R.

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 31.07.08 às 16:26link do post | adicionar aos favoritos

31 de Julho de 2008

 

            Ontem nem a tv shopp me trouxe sono.

            Pensei e pensei, remoi e remoi, o que se tinha passado, o porque se tinha passado, como me sentia, e porque estava assim.

            Nunca me senti tão mal. Tão triste.

            Ainda não consegui perceber na totalidade o que levou o H. a fazer o que fez. Ele apenas diz que o fez porque me ama. Diz que se eu o conheçe-se saberia que ele não ia ficar parado, que tinha que fazer algo. E numa coisa ele tem razão. Eu não o conheco. Pelo menos não como ele me conhece a mim.

            Ele sabe tudo sobre mim. Conhece meus amigos, os locais onde custumo estar, e mais importante, como reago perante qualquer coisa. Sabe o que me faz feliz, o que me faz triste, o que gosto, o que odeio, e o que me faz saltar a tampa. E sabia bem como ia reagir perante o que fez ontem, sabia-o e fez o que fez!

            Sei que não é bonito de o dizer, mas de facto sinto que a minha confiança foi traida. E isto não é bom. Não gosto de o sentir. Gostava que o H. não o tivesse feito. Que se achava que devia dizer ao meu irmão me devia ter perguntado se devia ou não. E o facto de não me ter dito nada depois, só piorou as coisas. Disse-me que queria me dizer quando tivessemos juntos ontem, mas como não veio, poderia ter-me dito quanto mais  não seja por sms, mas não o fez, e eu descobri por terceiros o que ele tinha feito, e tudo isto mexeu comigo. Muito.

            Hoje sinto-me ainda triste. Mais calmo mas ainda triste.

            Triste por não entender bem o porque o H. tomou aquela decisão, e teve aquela atitude, por ter feito algo sabendo que não ia gostar, e acima de tudo por ainda não conhecer o H. como ele me conhece a mim.

            E não é por não o querer. É apenas porque não consigo. Ele não me dá essa hipotese. Talvez seja uma infantilidade minha, mas não acho normal, por exemplo ainda não conhecer o apartamento que ele comprou. Outra coisa sobre a qual já há um tempo que me deixa pensantivo é que por várias vezes lhe falei e até pedi para ir com ele para conhecer os sítios por onde costuma sair. Bares, discotecas, etc. E nada.

            Entendo que conhecer os seus amigos e familia seja muito complicado. Especialmente a familia. Ninguem sabe. Isto entendo e muito bem. E nunca o vou pressionar nesse sentido. Mas tudo o resto..... pouco ou nada conheço.

            Gostava de conseguir escrever aqui uma conclusão sobre tudo o que se passou. Mas não consigo. Não a tenho.

            Nem sei o que vai ser daqui para a frente.

            Apenas sei que vou ter que começar muita coisa de novo com o H.

            E se alguma coisa posso desde já tirar deste episódio, é que o amo, e que já me estreguei mais do que sabia a este amor e a este homem.

            R.

 

Palavras-chave: , , ,

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory