O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 14.07.10 às 17:11link do post | adicionar aos favoritos

14 de Julho de 2010

 

Ainda meio abananado por tudo o que senti no domingo, na segunda-feira tive uma grande notícia e uma bela surpresa.

As custas do patrão estar de féria, tenho andando a trabalhar também nos meus dias de folga. Já passava da meia-noite quando o M. um dos antigos donos do bar entra porta a dentro.

Começamos a conversar, e já no final de duas mínis, a conversa começou a entrar num campo um pouco estranho.

Começou por falar que ele e a B. (a namorada) andavam preocupados comigo, que sabiam que algo se andava a passar, tudo isto apenas como somos amigos no facebook, tem andando a seguir o “estado” e as músicas que tenho publicadas por lá.

Confirmei que sim. Que não andava bem. Que tinha o coração partido. Ele começou a procurar palavras.... a gaguejar.... e eu a ver onde a conversa ia parar.

Sem mais rodeios, ele disse-me que sabia da minha verdadeira orientação sexual. E  mais, que não só ele e a namorada, mas todos o do grupo de amigos. E que não fazia qualquer diferença.

Fiquei desarmado. Embora nunca tenha escondido lá no bar, também nunca o assumi directamente. Foi bom sentir a amizade e o apoio dele.

Embora o bar fechasse ás 2 da manha, ficamos lá a conversar até as 4h.

Estava a precisar de desabafar. De falar. E para surpresa minha foi com quem menos esperava. Mas acho que assim é que se vêem os verdadeiros amigos.

Agora resta-me averiguar umas coisas. Como os meus actuais patrões e as babes fazem parte do tal grupo de amigos a que ele se referia, será que também já sabem? Sempre souberam? E se sim, porque nunca me disseram nada?

Mas pelo menos senti-me mais leve na segunda-feira.

E agora o H. já poderá saber algo que sempre tinha curiosidade. Por que razão quando ele estava no bar, o grupo o cumprimentava tão efusivamente. Faziam-no porque sabiam que ele era o meu namorado e queriam-no fazer sentir também parte do grupo.

Agora que já não tenho relação com ele, é que fico a saber uma coisa destas.

Enfim.... mais uma coisa que fico a perder!

R.


O que me dizes?
Por: Ray, em 17.06.09 às 19:38link do post | adicionar aos favoritos

16 De Junho de 2009

 

Ao chegar ao café do costume, e enquanto pegava no correio da manha para me entreter enquanto tomava o pequeno-almoço, dou de caras com um flyer a anunciar a parada gay deste ano. Será dia 20 de Junho no Príncipe Real em Lisboa.

Não sou a favor deste tipo de eventos.

Embora ache que se tem que continuar a lutar por direitos iguais, e pela maior aceitação da sociedade, acho que não passa de todo por acontecimentos destes.

Os excessos que alguns participantes cometem chocam demasiado as pessoas e criam uma imagem deturpada do que é ser gay. Não me identifico com nada disso. Luto pela indiferença, não concordo que haja paradas para lembrar que ser gay, é ser diferente, porque não o é! Sou tão ser humano como qualquer outro!

Outra coisa que me faz pensar é o nome. “Orgulho lgbt” (lgbt = lésbicas, gays, bissexuais e transexuais). Pergunto: - Orgulho de quê?

Orgulho de ser gay? Orgulho de me ter assumido? Orgulho de me ver privado de alguns direitos constitucionais? Orgulho de vez em quando ser gozado, parodiado, e ser alvo de críticas? É que nenhuma destas questões é motivo de orgulho.

Nasci gay. Não escolhi! Apenas aceitei esse facto. Não me posso sentir orgulhoso de um facto do qual não tive qualquer tipo de opção. Quando oiço a expressão “orgulho gay” penso imediatamente em algo do género: “Tenho orgulho em ser 5% mais gay que a média!”...“Estou orgulhoso. Depois de tanto me esforçar durante 3 anos de estudo e trabalho afincado, finalmente sou gay!”... Não dá. Não entendo. Não me sinto orgulho. Apenas em paz com o que sou e com quem sou.

Em relação a me ter assumido, eventualmente sinto algum orgulho na coragem que tive. Mas apenas isso. Não é razão para paradas coloridas, festivas e barulhentas. Simplesmente aceitei quem sou. Da mesma forma que aceitei que sou daltónico, ou que prefiro Coca-Cola à Pepsi!

Faz tanto sentido fazer uma parada por orgulho gay, como fazer uma parada por orgulho em ter as costas peludas! Coisa que ninguém escolhe. Apenas se é, ou não! Genética!

Alguém me disse uma vez que estas paradas também servem para alertar para as injustiças e a falta de liberdade que outros países (além do nosso) praticam contra gays. Sim senhor! Muito bem. Mas alguém me consegue demonstrar na prática e na realidade que influência concreta tem estas paradas nesse países em que ainda é ilegal ser gay?

Não sou contra quem nelas participa. Mas não me revejo, nem me sinto mais livre e os meus direitos defendidos por acontecimentos destes! Pelo contrário.

R.

 

Palavras-chave: ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 28.05.09 às 19:54link do post | adicionar aos favoritos

            27 De Maio de 2009

 

            Recebi este mimo/ desafio da PANKAS.

  

                                      

            Obrigado pelo mimo, e pela tua presença no meu blogue.

            O desafio é simples. Indicar 10 coisas de que se goste e passar o desafio a mais alguns bloguistas.

            Coisas de que gosto:

1.      Namorar.

2.      Ler.

3.      Estar com os amigos

4.      Jogar Uno

5.      Escrever.

6.      Rir.

7.      Aprender.

8.      Conversar.

9.      Passear sem destino.

10.  Dançar.

 

Passo o desafio a..... Quem quiser pegar nele. Como não tenho net, a minha leitura dos blogues andam um pouco atrasada e não sei bem que ainda não respondeu.

R.

 


O que me dizes?
Por: Ray, em 11.03.09 às 17:38link do post | adicionar aos favoritos

      11 de Março de 2009

 

            Eh pá! Este desafio vem sem grandes regras, ou instruções. Nem nome.lol

            Mas amiga Pankas, aqui vai:

 

Nome: Ray (só não digo o meu nome, porque embora já me tenha assumido a muita gente, neste blogue falo de outras pessoas, em particular de homens, que não são nem se podem assumir, e não acho justo coloca-los em alguma situação mais complicada só por associação ao meu nome.)

Idade: 31

Signo: Gemeos

Aniversário: 29 de Maio

Namoras: Sim

Com quem ias para uma ilha deserta: Com um par de jornalistas da TVI para eles poderem mostrar como se sobrevive numa ilha deserta. Acho que dava um bom especial informação.

O que levarias para uma ilha deserta: Um contentor com todo o tipo de sementes, 3 vacas, 5 porcos, 9 galinhas, facas, ferramentas agriculas, um Macgyver e todo o mais que dissesse para levar no livro: “Sobreviver numa ilha deserta para tótós!”

O que mais gostas em ti: Adaptabilidade

O que mais detestas em ti: Algumas coisitas... 

Cor favorita: Azul.

Peça de roupa favorita: Calções.

Desporto favorito: Dança de salão

Música favorita: Não consigo dizer só uma... Vou colocando aqui pelo blogue algumas de que gosto muito.

Ídolo: Homer Simpson.

Clube: Sporting

Sonho: Tantos….

Hobbies: escrever, ouvir música, ver filmes, ler, estar com o namorado, estar com os amigos...

Fumas: Sim.

Bebes: Socialmente, e mais os fds, uma ou outra bebida.

Tipo de beijo que mais gostas: Todos os beijos quando são desejados.

És virgem: Não. Só de estar com uma mulher.

Qual a tua maior fantasia: Todas as fantasias são em grande!

Conheces todas as formas de sexo: Não entendo bem o que se pretende saber aqui.

Com quem gostarias de ter uma relação: Neste momento com ninguem. A que tenho com o meu namorado é a que mais quero.

 

Amiga Vizinha, caro pensador insuspeito e meu amor Guga, fazem favor de se chegarem à frente e aceitem lá este desafio.

R. 

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 11.03.09 às 16:11link do post | adicionar aos favoritos

      11 de Março de 2009

 

             

 

Este é genuinamente um prémio da vizinha!

As regras que ela inventou indicou são:

 

1- Dizer o nome da pessoa que envio o prémio

2- Dizer 3 coisas boas sobre a sua vizinhança (ou sobre o local onde mora) e 3 coisas más

3- Indicar o Prémio/desafio a 6 pessoas

 

Ora o nome da pessoa que me enviou o prémio é mesmo o da vizinha, e é só clickar na imagem que vão directamente para o blogue dela. Vale mesmo a pena a visita. Divirto-me sempre lá imenso.

 

Agora vem a parte do desafio.... e a vizinha fez muito bem... são tempos de crise e à que poupar nos posts e então criou este 2 em 1! Prémio e desafio. Acho muito bem. Não se pode dar prémios só por dá cá aquela palha....

 

As 3 coisas boas sobre a minha vizinhaça são as seguintes:

·        Embora viva neste prédio há pouco tempo e não conheça bem os vizinhos parecem-me todos bastante simpáticos. Todos nos comprimentamos quando nos cruzamos nas escadas.

·        Vivo numa zona mesmo muito calma, bonita e arrisco-me a dizer: “benzoca”.

·        Cafés, boas esplanadas e mercearia mesmo aqui ao lado.

 

As coisas más:

·        Por estar entre dois bares, e mesmo as portas de um politécnico as quinta-feiras são muito barulhentas. Nada pior que estudantes bebâdos a tentar cantar no meio da noite.

·        Estou a 2Km do centro da cidade, e como não tenho carro....

·        É uma zona mesmo muito ventosa. Todo o ano. E se por um lado é bom para secar a roupa....por outro no inverno com a chuva é horrivel e no verão é só pó no ar.

 

 Desafio e prémio passado aos seguintes blogadores!

 

      Jó (gostaria de saber como é a vizinhança na Bélgica)

      Pankas (no outro dia falava numa vacaria, e fiquei intrigado)

      Pensador insuspeito (que pensara ele da vizinhança)

      Guga (é bom saber quem tem o meu namorado por perto)

      Luar amigo (porque os vizinhos no Porto tem muita personalidade)

      Cobradeira (porque sim!!)

 

      R.

 


O que me dizes?
Por: Ray, em 08.03.09 às 16:54link do post | adicionar aos favoritos

8 de Março de 2009

 

Vou então desvendar e assim acabar com o desafio. Achei-o mesmo muito engraçado, e agradeço a todos pela participação. Todos acertaram pelo menos numa.

 

1.      Adoro fazer a barba. Mentira. Não gosto mesmo nada. Embora depois da barba desfeita até gosto da maneira que me sinto, detesto fazer a barba. Maldita a hora que alguem convencionou que um homem só esta bem apresentado com a barba feita.

2.      Não fui a funeral do meu pai. Verdade. Infelizmente a nova familia do meu pai decidiu não avisar nem a mim nem ao meu mano da morte do meu pai. Soube através de alguem que nada é a familia que conseguiu arranjar o meu numero de tlm para me dar os pesâmes. Isto 1 horas antes do funeral, e eu estava a quase 200km de distancia e a trabalhar.

3.      No computador consigo dactilografar com os dedos todos.Verdade. Três anos de dactilografia e muitas horas a fazer relatórios de trabalho permitem-me esta quase façanha.

4.      De vez enquando gaguejo.Mentira. As várias aulas de voz e de teatro deram ferramentas para isto não acontecer mais.

5.      Desmaio sempre que dou sangue. Verdade. Não por ver o sangue, mas sim por ter hipoglicémia. Em jejum o meu nivel de açucar nem é detectado naqueles aparelhometros que o medem. O meu nivel de açucar mesmo a seguir ao almoço é sensivelmente o mesmo de um homem normal em jejum. A primeira vez que aconteceu desmaei mesmo em cima de uma velhota que estava na sala de espera.

6.      Nunca parti nenhum osso. Verdade. Ainda tenho os osso todos como de origem.

7.      O nome Ray é inspirado no filme “Caça-fantasmas”. Verdade. Nem gosto particularmente do filme, mas a personagem Ray tem muito que ver comigo.

8.      Durante os 2 anos que vivi em Nova York tirei mais de 1300 fotos. Verdade. E tenho pena de não ter tirado mais. É de facto a cidade que nunca dorme, e há sempre algo em todo o lado que vale a pena ser guardado em fotografia. É uma cidade linda.

9.      Já não tenho as unhas dos dedos mindinhos dos pés! Mentira. Com pena minha. Não estão lá a fazer nada, mas enfim... sempre são mais duas unhas para cortar.

 

E pronto. Espero que a curiosidade esteja saciada. E provavelmente surpreendi alguns.

   R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 07.03.09 às 16:49link do post | adicionar aos favoritos

 

 

7 de Março de 2009

 

Fui desafiado pela vizinha a participar neste desafio:

 

1-Agarrar o livro mais próximo

2 - Abrir na pág.161

3 - Procurar a quinta frase completa

4 - Colocar a frase no blog

5 - Indicar 5 pessoas para continuar a tarefa

 

Ora o livro que tenho na mesa cabeçeira neste momento é “Os Miseráveis”de Victor Hugo, mas como é a versão inglesa e não me apetece estar a traduzir, fui até à prateleira mais próxima e mais um problema. O primeiro livro é “O Homem duplicado” do Saramago, e devido à maneira que este senhor escreve, a pagina 161 toda ela é so uma frase que começa na pagina antes e acaba 2 depois.

Peguei então no livro que segue após acabar a minha colecção de Saramago.

O Livro é : “O Retrado de Dorian Gray” de Oscar Wilde

Na pagina 161 a 5ª frase completa é a seguinte:

 

Ainda que lhes contasse, iriam acreditar? 

 

E passo o desafio aos seguintes bloguistas:

 

Pankas

Pensador insuspeito

Cobradeira

Guga

 

E o meu obrigado à vizinha por este desafio. Adoro ler e acho engraçado o que estes nos podem dizer, mesmo em situações insuspeitas como esta.

R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 05.03.09 às 17:03link do post | adicionar aos favoritos

5 de Março de 2009

 

Mais uma vez aPANKAS lançou-me um desafio.

Mencionar 9 factos, 3 dos quais mentira. Depois esperar por comentários dos leitores que irão tentar adivinhar quais são verdadeiros ou não. Parece facil e divertido.

Então cá vai!

 

1.      Adoro fazer a barba.

2.      Não fui a funeral do meu pai.

3.      No computador consigo dactilografar com os dedos todos.

4.      De vez enquando gaguejo.

5.      Desmaio sempre que dou sangue.

6.      Nunca parti nenhum osso.

7.      O nome Ray é inspirado no filme “Caça-fantasmas”

8.      Durante os 2 anos que vivi em Nova York tirei mais de 1300 fotos.

9.      Já não tenho as unhas dos dedos mindinhos dos pés!

 

E prontos. A modos que já tá.

Agora os desafiados. Como este desafio já anda por aqui há algum tempo, a maior parte dos blogues que visito já o respondeu. Contudo há dois que ainda não o fizeram e gostaria muito que o fizessem. São eles:

      O mundo gay (quase) perfeito.

      Podem-me tratar por vizinha.

 

      R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 18.02.09 às 16:22link do post | adicionar aos favoritos

                18 de Fevereiro de 2009           

 

                       

 

 

Gostei deste desfio. E gostei tanto que até saltei para o portatil para o responder logo, acabando logo com o silencio que por aqui reinava.

Este foi-me passado pelaCLAUDIA e pela PANKAS. Obrigado meninas!

Gosto sinceramente dos pequenos prazeres da vida. Como refere a Jó nem todos são completamente gratuitos, e os que são, acho quem nem os deviamos referir, não vá o governo inventar um imposto para eles!

Então aqui vai. Dez coisas sem custos que eu gosto:

 

1.      O cheiro de terra molhada pelas primeiras gotas de chuva.

2.      Trovoadas.

3.      Um banho quente.

4.      Um longo beijo inesperado do meu H.

5.      Perder-me na leitura de um bom livro.

6.      Uma cama acabadinha de fazer.

7.      Apanhar sol na moleirinha.

8.      Conversar com amigos.

9.      Uma boa gargalhada.

10.  Conhecer gente nova.

 

Poderia continuar, mas para este desafio são só dez.... pena.

 

Os que eu gostaria de desafiar são os seguintes:

             

 

R.

 
Palavras-chave: ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 03.02.09 às 15:55link do post | adicionar aos favoritos

            3 de Fevereiro de 2009

 

            Colocaram-me mais um desafio, e desta vez foi o meu amor H. (Mundo gay (quase) perfeito).

O desafio consiste em falarmos mais nós próprios, 16 coisas sobre mim, factos aleatórios e reenviar para 16 amigos, o que para mim será relativamente fácil, até porque já o fiz uma vez, no post 77 coisas sobre mim, mas ainda consigo mencionar mais umas 16 coisitas sobre mim.

 

            Aqui vai:

You've been tagged! I would like to know a little more about yourself :) Choose 16 random facts about you and then send it to 16 persons. 

 

1.      Sou careca, praticamente desde os 16 anos.

2.      Dei o meu primeiro beijo aos 18 anos, e foi a uma rapariga.

3.      Tenho que andar sempre com o telemovel, sem ele sinto-me nú.

4.      Muito raramente me conseguem atrapalhar ou deixar-me sem resposta.

5.      Gosto de um bom desafio,  e de me sentir intelectualmente estimulado.

6.      Sou capaz de guardar segredos. Embora adore conversar, quando me dizem alguma confidencia, fica guardada só para mim.

7.      Quando estou “com os azeites” ninguem me consegue aturar.

8.      Embora tenha perfeita consciencia que dou erros, adoro escrever.

9.      A minha caligrafia pode ser classificada como “egípcio reformado”, de tal maneira que por vezes é ilegível!

10.  Não conheço ninguem famoso.

11.  Sou terrível a não conseguir fixar caras ou nomes. O que por vezes me faz passar por antipático e snob. Especialmente quando alguem vem falar comigo, tratando-me pelo nome e eu não faço a minima ideia de quem é!

12.  Já li a bíblia umas 3 vezes. Mas considero-me agnóstico.

13.  Tenho 31 anos, mas considero-me infantil em muitos aspectos.

14.  Não sou particularmente fã de gatos. Nada contra os bixos, mas definitivamente também nada tenho a favor.

15.  Os senhores da “Quercus” e outras associações afins fazem-me confusão. Não posso nem só um bocadinho com eles. Só me dão vontade de dizer: “Vais mas é trabalhar!!!”

16.  Não suporto a TVI.

 

 

E já tá.

As pessoas a quem gostaria de passar este desafio, a grande maioria já respondeu, e as outras também já foram desafiadas, mas de qualquer forma gostaria de desfiar o:

A....

Tenho bastante curiosidade em ver o que ele vai escrever.

R.

 

Palavras-chave: ,

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Quem por aqui andou:
eXTReMe Tracker
Blog Flux Directory