O meu nome é Ray,e sou gay. Este será um blog sobre “as coisas vulgares que há na vida”. Na minha vida! É um blog para maiores de 18 anos. Para todos aqueles que tem alguma curiosidade sobre a vida e pensamento gay.
O que me dizes?
Por: Ray, em 19.08.08 às 16:26link do post | adicionar aos favoritos

18 de Agosto de 2008 –  

           

            Ontem teve um tempo de merda.

            Ainda bem. Como estava mesmo mau, de chuva e tudo, o meu nino fechou o tasco e veio ter comigo a meio da tarde. Há tanto tempo que não acontecia. Ter assim um sábado espontanêo.

            Aproveitamos e fomos as compras. Estava a precisar de comprar uns tachos e fazer uma dispensa, e assim foi. Fomos até ao Jumbo e até foi uma tarde muito agradável. Enquanto o fazia andar para tráz e para a frente à procura do que precisava, aproveitamos para nos apalpar. Ora o rabo ora o enxumaço! É engraçado porque o meu nino não gosta muito dessas coisas quando há muita gente por perto, mas ontem até foi ele que o fazia mais!

            Quando saímos de lá fomos dar uma volta ao shopping. Nada de jeito para ver, mas tinhamos que fazer tempo para o jantar. Tinhamos pensando em ir ao japonês, mas como quase tudo nesta cidade, estava fechado para férias. E oriental por oriental, acabamos por jantar no chinês!

            Logo fomos para o quarto. Há que aproveitar estas oportunidades. E ontem à noite, aproveitamos duas vezes!

            É mesmo bom estar com ele. Há cada vez mais companheirismo. Uma linguagem que se desenvolve, algo intangivel que nos une. E cada vez mais.

            Estou deserto que ele começe as férias. Já so falta uma semana.

            Passei o dia a pensar nisso. E no que faremos nessa semana. Numa coisa já concordamos fazer. Ir para lx e passar lá pelo menos uma noite, naquela residencial gay.

Lá estaremos à vontade. Acho que vai ser giro.

            R.

 

Palavras-chave: , ,

O que me dizes?
Por: Ray, em 19.08.08 às 16:26link do post | adicionar aos favoritos

16 de Agosto de 2008

 

            Feriado.

            Não se passa nada nesta cidade!

            Que seca.

            R.


O que me dizes?
Por: Ray, em 19.08.08 às 16:25link do post | adicionar aos favoritos

14 de Agosto de 2008

 

            Quinta-feira cheia de acontecimentos.

            O meu lindo veio cá ao fim do dia. Foi mesmo uma visita relampago. Apanhou montes de transito na A1 e só deu mesmo para uma conversa rápida e séria sobre as férias e para uns beijinhos. Mas é sempre bom vê-lo.

            Logo depois de ele sair daqui, o meu mano mandou-me uma sms a convidar-me para ir tomar um copo à noite na esplanada do custume. Ia lá a Monica Sintra.

            Embora até nem me apetece muito, aceitei. Afinal de contas gosto mesmo muito da Monica. Não das canções que canta, mas aquela voz é fantastica, e embora ela só devessse cantar uma ou duas canções, valería a pena.

            Quando cheguei a casa do meu mano, descobri uma coisa que me deixou espantado. Tenho um cabelo branco. O meu primeiro cabelo branco!

            Nunca pensei ganhar cabelos brancos. Como cada vez estou mais careca, pensei que ficasse sem cabelo antes de aparecerem os brancos...

            Mas adiante. Lá fomos para a esplanda, que estava cheia. Já estava um grupo a tocar. E afinal a Monica Sintra não tinha vindo. Mas como já lá estava, resolvi aproveitar para espairecer!

            Ali passei um bom bocado, entretanto chegou a C. (a minha loira) e o R. amigo gay da C. e da minha cunhada. Eu estive sempre entretido a mandar sms ao meu nino, e a estudar a fauna que por alí andava. Essencialmente putos. Nada de jeito para apreciar.

 E fiquei a saber, que a bela da camisa da Saccor (made by ciganos da feira) com o rato nas costas ainda se usa! Ridiculo! Já para não falar das belas t-shirts com publiciadade a tv cabo, sagres e trinaranjus. Quanto é que será que aqules gajos recebem das marcas para andar na noite a fazer publicidade? Ou será só falta de gosto?

            Já estava eu a ficar enfadado com aquele sítio, a banda até tocava bem mas não me animava, e o H. já me tinha dito há um bom bocado que já estava a fechar o tasco, e pensei em sair dalí para casa. Foi aí que o meu nino me fez uma surpresa. Apareçeu lá.

            Arrumou o tasco, e fez o caminho todo sem me dizer que vinha ter comigo.

            Adorei a surpresa! Ainda ficamo lá mais um pouco, mas a vontade de nos beijar-mos rea muita e rápidamente nos fizemos ao caminho, e ao chegar ao quarto fizemos o que ficou inacabado à tarde. Beijos, abraços, mamadas e muito leite.

            R.

 

Palavras-chave:

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
15
16

17
18
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O que procuras?
 
Curiosos
Por aqui agora....
Fotos do blog
Na tua opinão:
Paradas Gay:
Sou contra.
Sou a favor.
Indiferente.
  
pollcode.com free polls
Blog Flux Directory
subscrever feeds